Até o poder do povo é ovo podre do poeta!

Você entendeu o título do post?

Não?

Vamos tentar mais uma vez…

Até o poder do povo é ovo podre do poeta!

Isso, agora leia de trás para frente…

BINGO!

BINGO!

Ou melhor, palíndromos!

Esse é o nome que se dá quando se consegue ler palavras ou até mesmo frases do modo normal ou de trás pra frente. Modo normal não seria uma expressão correta, afinal, Da Vinci escrevia normalmente de trás pra frente de livre e espontânea vontade, mas, isso não vem ao caso.

Há várias frases, algumas bem toscas, eu admito, mas imagina quem as escreveu? UAU, que gênio, que nerd, ou que pessoa sem nada pra fazer. Enfim…

Eu particularmente gosto bastante de “Ame a ema” ou de “Ande Edna” – vai entender.

Gosto também da palavrinha Bob.

Não, não é abreviação de

BOBO!

BOBO!

é apenas Bob!

Bob é um palíndromo que me lembra várias coisas.

A lembrança é uma questão de associação e de vivência – li isso em algum livro uma vez. Pode-se descobrir muito de uma pessoa só percebendo do que ela se lembra. Por exemplo:

Se você gosta de desenhos logo pensa em

Bob Esponja

Bob Esponja

Se você prefere esportes radicais pensa no

Bob Burnquist

Bob Burnquist

Se o seu relógio só marca 4:20, você consequentemente pensa no

Bob Marley

Bob Marley

Se você tem uns vinte e poucos anos lembra do

O Fantástico Mundo de Bobby

O Fantástico Mundo de Bobby

Se você tem uns quarenta ou um pouco mais pensa no

Bob Dylan

Bob Dylan

Se você é macho e adora um ringue vibra com o

Bob Sapp

Bob Sapp

Se você é jovem e curte uma balada lembra do

Bob Sinclair

Bob Sinclair

Se você assistiu um filme de animação recentemente lembra do

Bob!

Bob!

Agora se você ta lendo isso e ta com fome vai logo pensar no

MilkShake do Bob's

MilkShake do Bob's

Outro exemplo: é a mesma coisa que se escutar um ÁAAAAU!


Você vai lembrar de que?

Frank Aguiar?

Frank Aguiar?

ou

Michael Jackson?

Michael Jackson?

Por isso eu digo, você pode não ser a pessoa mais rica do mundo, mas cultura é fundamental!

por Naryana Caetano

Anúncios

setembro 1, 2009 at 9:25 pm Deixe um comentário

Falando de história…

Grandes heróis, mocinhas em perigo, cenários deslumbrantes, cavalos, armaduras, espadas, rostos sujos, músicas instrumentais…

Essas coisas te lembram algo?

Sim, são os chamados Épicos!

travian-roman-image[1]

De acordo com o dicionário, Épico significa: alto, sublime, levantado; próprio da Epopéia.

Mas o que é a Epopéia, afinal?

Com origem no Teatro Grego, a Epopéia era um dos caminhos que podiam ser seguidos na época.

O Teatro Grego era o meio mais eficaz de passar conhecimento para a sociedade, por isso era definido como didático. Esse conhecimento era transformado em ação de duas formas: Tragédia e Epopéia.

Na Tragédia as personagens viviam o que era pré-determinado; é aquela velha história de homens superiores e mocinhas indefesas. Já a Epopéia era mais suave, eram as aventuras, onde prevaleciam os heróis, também chamados de semideuses.

Caracterizado por ações heróicas e de tirarem o fôlego,  os Filmes Épicos além de serem históricos e ótimas pedidas para complementarem aulas, te levam à outro universo, o da imaginação.  Afinal, quem nunca se imaginou naquelas batalhas? – e de preferência acertando alguém que você não goste!


Mas, enfim, algumas dicas de filmes/séries do gênero – MUITO BONS, por sinal.

Os Três Mosqueteiros

Os Três Mosqueteiros

Elizabeth

Elizabeth

Arn, O Cavaleiro Templário

Arn, O Cavaleiro Templário

Tróia

Tróia

Joana D'arc

Joana D'arc

O Patriota

O Patriota

A Rainha

A Rainha

A Duquesa

A Duquesa

O Homem Da Máscara De Ferro

O Homem Da Máscara De Ferro

Gladiador

Gladiador

O Libertino

O Libertino

Coração De Cavaleiro

Coração De Cavaleiro

O Conde De Monte Cristo

O Conde De Monte Cristo

The Tudors

The Tudors

Roma

Roma

Você deixou de assistir algum desses? Fala sério!

Corre pra locadora, estoura uma pipoca, pega o cobertor, se ajeita no sofá e bom filme!

por Naryana Caetano

agosto 25, 2009 at 10:34 pm Deixe um comentário

CIWWAF

Hoje meu post é dedicado ao CIWWAF.

Você deve estar se perguntando ‘Que parafernália é essa?’, e eu respondo: Não, não é um novo vírus, não é uma ong, nem um composto químico e muito menos um partido político. É uma banda!

De nome Cute Is What We Aim For – daí veio essa sigla monstruosa -, é uma banda que tem influências desde Blink 182, passando por Dave Matthews até chegar em Led Zeppelin.

Formado em Búfalo,

cape-buffalo

Ops, digo,  na cidade de Buffalo, no estado de New York –

buffalo

é, isso, aquela mesma onde foi filmado o filme ‘Todo Poderoso’

todo poderoso

lembrou? enfim – o CIWWAF surgiu em 2005, e no ano seguinte lançou seu primeiro cd com gravadora, o ‘The Same Old Blood Rush With A New Touch’ – sim, eles adoram nomes compridos.

Esse álbum deu origem a dois de seus videoclipes, o There’s A Class For This e o The Curse Of Curves – que eu particularmente adoro!

O segundo cd, lançado em 2008 e intitulado de ‘Rotation’ coincidiu com a saída do baterista Tom Falcone.
tomfalcone

A partir daí, o vocalista Shaant Hacikyan, o guitarrista e pianista Jeff Czum e o baixista David Andrew Melillo levaram essa pegada pop punk – ou que muitos passaram a chamar, de power pop – pras cabeças, ou pelo menos para algumas cabeças, porque, sinceramente, é bem viciante!

Com letras provocativas e cheias de hormônios, eles relatam a juventude de uma forma bem otimista não deixando de lado suas piores experiências e desilusões.

E depois dessas fotos, o que você me diz, os garotos são fofinhos mesmo ou é só fachada?

por Naryana Caetano

agosto 20, 2009 at 3:43 am Deixe um comentário

Moda

Mês de agosto e ainda estamos no Inverno.

Nessa época é muito comum as pessoas tomarem chocolate quente,

chocolate.quente

usarem botas,

bota-preta

se agasalharem,

selton agasalho 2

colocarem lenços e cachecóis,

lenco

e vestirem SHORTS!

1221923379

Os Shorts, inicialmente utilizados por atletas para maior comodidade na prática dos esportes, teve seu auge na década de 80, quando, aqui no Brasil, começaram a chegar os modelos de náilon e poliéster, deixando um pouco de lado os de algodão.

As passarelas foram as próximas adeptas, logo seguidas pelos guarda-roupas da mulherada – que até mesmo no inverno dá um jeitinho de usar essa peça, seja com meia-calça, seja com as pernocas de fora mesmo.

Mas não foram só os esportistas e as mulheres que passaram a utilizar tal modelito, alguns rockstars aderiram essa moda. Talvez pela praticidade, pela comodidade, pela sensualidade, para aproveitar alguma calça que ficou curta ou para simplesmente estar na moda. Os motivos não interessam, o importante é que eles ditam tendência.

Quando se fala em roqueiro de short o primeiro que vem à mente das pessoas é o famoso Axl Rose, que usava e abusava na falta do comprimento das vestimentas inferiores.

vocalista do Guns N' Roses

vocalista do Guns N' Roses

Mas não para por ai, não. Essa lista é bem longa, vou dar uma prévia:

George Pettit, vocalista do Alexisonfire

George Pettit, vocalista do Alexisonfire

Angus Young, guitarrista do AC/DC

Angus Young, guitarrista do AC/DC

Steve Harris, baixista do Iron Maiden

Steve Harris, baixista do Iron Maiden

Josh Francesci, vocalista do You Me At Six

Josh Franceschi, vocalista do You Me At Six

Nenê Altro, vocalista do Dance Of Days

Nenê Altro, vocalista do Dance Of Days

Felipe Barros, baterista do Envydust

Felipe Barros, baterista do Envydust

Sim, todos eles possuem um shortinho esperto e não tem medo de usá-lo. E você, quando vai tirar o seu da gaveta?

por Naryana Caetano

agosto 18, 2009 at 9:56 pm 1 comentário

E agora? Nx Zero @ Via Funchal

Rua Funchal, n° 65, às 21h50. Esse foi o local e o horário que eu estava dia 21 de março de 2009. Agora me perguntem: “Fazendo o que?” E eu respondo: “Subindo a escada rolante, indo em direção à última apresentação, em São Paulo, da turnê Agora.”

A primeira impressão de quem colocou os pés na Via Funchal naquela noite, com certeza foi, “Caramba!”. De seis a sete mil pessoas, dentre elas os emos – claro! –, gente bonita e, pasmem, pais e mães com seus filhos!

Às 21h57, a produtora Luka sobe ao palco e, ao som de palmas por parte da platéia, convida a banda Gloria para dar início ao show.

A primeira música da banda foi a famosa Anemia, fazendo a galera que curte a banda, e a própria banda em si, realmente surtar. A expressão do baixista João, misturadas aos problemas técnicos no instrumento do guitarrista Peres não passaram em branco.

A banda apresentou algumas músicas do seu novo álbum, previsto para ser lançado ainda esse ano, e no meio delas, a música de trabalho Minha Paz foi cantada pela galera, que pelo visto, aprovou as mudanças na melodia.  A novíssima Vai Pagar Caro Por Me Conhecer, lançada oito dias antes do show, também entrou no set list, e para a surpresa da banda, estava na ponta da língua de quem já os conhecia.

Para fechar com chave de ouro, a pesada Asas Fracas, que levou parte da platéia à loucura quando o vocalista Mi disse: “Vamo abri a roda aí, galeraaa!”; a outra parte ficou assustada, e por que não dizer, horrorizada com tamanha  “pancadaria” – não acho esse um bom termo, mas não achei outro. Foi o ponto alto do show do Gloria, onde seguranças corriam de um lado para o outro, algumas pessoas pulavam, outras cantavam e ainda digo, tinham outras que davam passinhos para trás com medo.

O guitarrista e vocalista Elliot agradecia enquanto Mi se despedia da seguinte forma: “Tenho só uma coisa pra falar pros seguranças da casa que tão correndo ai…Isso não é briga não, é show de rock, caralho! ” E às 22h35, deixa o palco a ‘Promessa 2009’ – ou não.

Após alguns ajustes e a mudança dos instrumentos, às 22h50 a banda Nx Zero faz sua triunfante entrada. Com o palco decorado com o encarte do cd e ao som de gritos, choros, assovios, palmas e berros iniciam o último show da turnê Agora em São Paulo.

A platéia em êxtase cantava Além De Mim, o som que deu origem ao primeiro videoclip da banda. A segunda música foi a conhecidíssima Cedo Ou Tarde, que arrancou emoções tanto da banda, como do público, que a cantavam em uma só voz. Foi realmente arrepiante.

GabiCampaner

GabiCampaner

Seguindo a linha emoções e mexendo com o coração de todos, foi a vez de Apenas Mais Uma De Amor, uma regravação de Lulu Santos, que o vocalista Di fez questão de oferecer a todos os pais – e mães – que acompanhavam seus filhos àquela noite. A banda inovou tocando pela primeira vez o cover de Use Somebody da banda americana Kings Of Leon, e por sinal, não fizeram feio; pena que a maioria dos presentes não conhecia a música.

Seguindo o show, tocaram as fofinhas Cartas Pra Você, Melhor Parte De Mim e O Destino, na qual o guitarrista Gee surpreendeu todos com sua performance no teclado.

A agitadinha Tudo Bem – que por sinal eu adoro – e as do segundo álbum Mais E Mais, Conseqüência, Incompleta e Pela Última Vez marcaram presença entre as palhaçadas do baixista Caco e as notas do baterista Dani. Para a surpresa de muitos, a antiga Apenas Um Olhar também, onde ressaltaram ser uma das últimas vezes a tocarem-na.

Voltaram para o bis e complementaram seus sucessos com Bem Ou Mal, Daqui Pra Frente e Razões E Emoções levantando a galera mais uma vez à piração.

Saíram aclamados e glorificados pelo público – desculpem-me o Gloria pelo trocadilho – , que não se arrependeu de ter pago, no mínimo, trinta reais para assistir ao show. Mas e porque não ao espetáculo? Afinal, que grande evolução.

Então, e Agora?

E Agora, o Nx Zero mostrou sua força e que veio para ficar, honrando o nome, com certeza!

Só uma última observação: O Fi saiu no meio do show e alguém o substituiu ou foi impressão minha? – hahaha, não podia passar sem essa!

Um beijos,

por Naryana Caetano

abril 3, 2009 at 8:55 pm Deixe um comentário

Meme

Meme surrupiado que a Mandy indicou para a BruDuda que passou para mim e para a Nary!

As regras:
1. Pegar o livro mais próximo
2. Abrir na página 161.
3. Procurar a 5ª frase completa.
4. Colocar a frase no blog.
5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!
6. Passar a 5 pessoas.

O meu foi:

Livro: O Céu Está Caíndo – Sidney Sheldon
5ª frase – “Que tipo de problema ELÉTRICO?”

Que frase mais de acordo com o blog, não é mesmo?

Minhas 5 pessoas:
Poxa, eu não tenho ideia. (Quero acento em ideia, now)

Beijos Brasil.

por Gabriela Campaner

janeiro 31, 2009 at 2:00 am 2 comentários

/dica!

Alexisonfire, uma banda que surgiu no cenário underground –mas dessa vez, no Canadá- em meados de 2001 está dominando há muito tempo o gostinho do público brasileiro.

Em um misto de calmaria, arrepios e agressividade, o som é descrito pelos membros da banda como “o som de duas garotas católicas de colegial em uma briga de faca”. Com uma descrição dessas garanto que você não ficou nem um pouquinho curioso, né? /hahaha

George Pettit, Dallas Green, Wade MacNeil, Chris Steele e Jordan “Ratbeard” Hastings são os nomes dos gatinhos –tem gosto para tudo, não é mesmo?.

197

240

 248

Pelas fotos, dá pra sacar como deve ser assistir um show dos caras. Com essa ‘modinha’ de visitar esse país tropical, quem sabe eles não têm o gostinho de tocar para um público animado como o brasileiro? Garanto que se ele pulasse na galera assim, no mínimo, perdia a cueca! hahaha

Eles tem quatro cd´s lançados e o último intitulado “Crisis” (2006) tem uma pegada forte, bem mais forte do que o elogiadíssimo disco de estréia, o “Watch Out!” de 2004.

Se você nunca ouviu, vale muito a pena conferir. Se você não gosta do estilo, tudo bem, afinal, o que seria do Timão se todos gostassem do Pumba, não é mesmo?

Viva o rock! Dançante ou não; gritado ou não; com mosh ou não.

É isso aí, um beijos!

 

por Naryana Caetano

novembro 30, 2008 at 2:40 am Deixe um comentário

Posts antigos


Páginas

Categorias